Notícias

Seis diretores deixam a Via Varejo

A empresa não menciona os cargos, mas informa que fez uma integração de áreas para ter agilidade


Seis diretores de áreas estratégicas, como comercial e logística, deixaram a Via Varejo, dona das marcas Casas Bahia, Ponto Frio e Bartira, segundo fontes próximas à companhia controlada pelo Grupo Pão de Açúcar. Questionada sobre a mudança, a empresa não menciona os cargos, mas informa em nota que fez uma integração de áreas para a varejista ganhar mais agilidade.

 

Segundo informações publicadas pelo jornal Valor Econômico deixaram a varejista Marcelo Lopes, diretor de cadeia de suprimentos e logística, e Luiz Henrique Vendramini, diretor executivo comercial. Lopes é um dos executivos mais antigos do Grupo Pão de Açúcar, controlador da Via Varejo, há quase 20 anos em empresas do grupo. Vendramini está na varejista de eletrônico desde 2004 e foi da área comercial do Walmart.

 

O executivo Paulo Naliato, diretor de operações, passa a incorporar as áreas dos dois executivos. Entre os quatro diretores executivos que existiam na empresa, restaram dois - Naliato e Felipe Negrão, da área financeira - e o presidente Flavio Dias. No conselho de administração há nove membros.

 

De acordo com empresa, com o objetivo de melhorar "a experiência do cliente", foi realizada uma integração de todas as áreas de operações, vendas, comercial e logística a uma única estrutura", informa. "Essa reorganização, além de tornar a companhia mais ágil e eficiente, vai proporcionar um ambiente mais apropriado à estratégia de transformação digital", diz.

 

Ainda conforme informações apuradas pelo jornal, podem existir ajustes na estrutura de custos da Via Varejo nos próximos meses. A intenção é simplificar tomadas de decisões e, por consequência, enxugar despesas, diz uma fonte. É a primeira mudança de cargos desde que Flavio Dias tornou-se CEO e Peter Estermann assumiu como presidente do GPA, há um mês e meio. A Via Varejo já fez algumas mudanças em cargos desde que o Casino assumiu controle do GPA, em 2012. Em 2013, cinco executivos deixaram a Via Varejo com a intenção de simplificar a estrutura.

 

Vale registrar que, nesta última segunda feira (11), a Casino anunciou que pretende vender a Via Varejo até o ano que vem. O movimento faz parte de um plano de investimento do grupo, que envolve 1,5 bilhão de euros (US$ 1,77 bilhão) em ativos.

 

(Com informações de Valor Econômico)




Continue recebendo as melhores informações do setor moveleiro

ASSINE NOSSA NEWS