IMG-LOGO

Bento Gonçalves tem saldo positivo de empregos no setor

Revisado Natalia Concentino - 13 de Maio 2022 273 Views
bento.jpg
Ano passado, foram criados mais de 530 postos de trabalho só no setor moveleiro de Bento Gonçalves

Depois de encerrar 2021 com o fechamento de vagas de trabalho, Bento Gonçalves (RS) fechou o primeiro trimestre com saldo positivo com relação a geração de emprego. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), de janeiro a março deste ano, foram registradas 643 novas vagas de emprego com carteira assinada. O número é resultante de 6.667 admissões e 6.024 demissões ao longo do período.

 

Ainda, segundo o Caged, a área de Serviços foi o que mais contratou no primeiro trimestre em Bento Gonçalves, com 331 novas vagas. O setor da Indústria vem na sequência, com a criação de 215 postos de trabalho, seguidos de construção (110) e agropecuária (1). O comércio foi o único segmento que registrou saldo negativo, com menos 14 vagas no acumulado.

 

 

LEIA: Sindmóveis celebra 45 anos dedicados ao setor moveleiro

 

Setor moveleiro em ascensão

 

O presidente do Sindmóveis, Vinicius Benini, enfatiza que o cenário de emprego no setor moveleiro no polo de Bento Gonçalves encerrou 2021 com 6.765 vagas ocupadas. Ano passado, foram criados mais de 530 postos de trabalho. “A crescente continua em 2022. Nos três primeiros meses, já foram geradas mais de 70 vagas”, frisa.

 

Segundo Benini, uma pesquisa realizada pelo Sindmóveis demonstra que a falta de operadores de máquinas é o principal déficit na região, no que se refere à mão de obra. “Essa é uma função que requer experiência e, atualmente, há pouca oferta no mercado. Assim como empresas de outros segmentos, o setor moveleiro busca profissionais qualificados em suas áreas, que cumpram com suas responsabilidades, tenham assiduidade e estejam dispostos a crescer em conjunto”, menciona.

 

O presidente do Sindmóveis esclarece que a entidade e a Movergs firmaram um Termo de Cooperação com o Instituto Senai de Tecnologia em Madeira e Mobiliário. “O objetivo é fortalecer as indústrias de Bento e região, oferecendo condições diferenciadas para acessar os produtos e serviços do Senai, como educação profissional, tecnologia, inovação e laboratório de controle de qualidade”, salienta.

 

(Com informações Jornal Seminário)

Comentários