IMG-LOGO

Comércio de móveis fica negativo até novembro

Por Natalia Concentino - 14 de Janeiro 2022 361 Views
people_with_growing_graph_of_progress_report.jpg

A pesquisa mensal de comércio do IBGE revela que o varejo de móveis entre janeiro e novembro de 2021 está negativo em 0,3%. No mês, em comparação com novembro de 2020, a queda foi de 18,5%. O resultado só é positivo (0,7%) no acumulado de 12 meses.

No Nordeste, os três estados pesquisados pelo IBGE (Ceará, Pernambuco e Bahia) apresentam os piores resultados com vendas negativas em toda a base de comparação (veja quadro abaixo).

Na região Sudeste, apenas Minas Gerais apresentou dados positivos em novembro, com alta de 9,6%. Também tem índices positivos no ano (25,9%) e no acumulado de 12 meses (23,2%). Por sinal, é o único mercado no país com índices tão altos. O maior mercado, São Paulo, registrou queda de 30,5% em novembro, -1,1% no ano e apenas 0,6% positivos em 12 meses.

leia: EXPORTAÇÕES DE MÓVEIS SUPERAM US$ 1 BILHÃO DEPOIS DE 14 ANOS

O Paraná tem o pior resultado na região Sul, com recuo de 21,1% em novembro, 7,3% no ano e 4,9% em 12 meses.

E na região Centro-Oeste, o pior resultado vem do Distrito Federal.

Comentários