Veja galeria de fotos acima

Femur inicia com otimismo e presença do governador

Aconteceu nesta segunda, 20, a cerimônia de abertura da 14ª edição da FEMUR 2020 (Feira de Móveis de Minas Gerais), no Horto Florestal de Ubá. O evento ficou marcado por ser a primeira vez na história que um governador de Minas Gerais visita a Femur e destaca que está trabalhando para “destravar” a vida dos empresários. A solenidade ainda contou com a presença de 2.493 pessoas, entre autoridades, imprensa, expositores e público lojista de todo o país.

Romeu Zema, que é varejista de móveis, enfatizou que entende as dores dos empresários por ter sentido na pele a demonização do setor produtivo por parte do poder público na última década. “Nós estamos trabalhando para reduzir a burocracia e facilitar a vida do empresário mineiro. Além disso, estamos propondo reformas na previdência dos servidores, no setor administrativo e fazendo um programa de desestatização”, destacou, acrescentando que o Estado gasta mais do que arrecada e esse quadro precisa ser mudado para só assim mexer nos impostos cumulativos e oferecer outros benefícios aos empresários.

Zema ainda participou do descerramento da placa que materializou o novo título “Capital Estadual da Indústria Moveleira” a Ubá, que havia sido solicitado pelo deputado estadual Coronel Henrique. O governador aproveitou o momento para comentar sobre a importância do evento, “a Femur é extremamente importante para o estado. Sei que em uma feira desse tamanho, dessa representatividade, o mínimo que o governador tem que fazer é estar aqui prestigiando pelo menos o seu início”, afirmou.

Expansão e desenvolvimento

Além da oficialização do título de “Capital Estadual da Indústria Moveleira”, o presidente do Intersind (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Mobiliário de Ubá), Aureo Barbosa, anunciou a expansão das bases territoriais do polo para cerca de 22 municípios vizinhos, a fim de atrair empresas interessadas em investir na região. “Esse conceito tem a ver com o projeto ‘Vem pra Minas’ - nós estamos estimulando que empresas venham para o estado de Minas Gerais”, esclareceu.

Aureo destacou as conquistas do polo moveleiro de Ubá apontando “o espírito empreendedor e guerreiro dos empresários há mais de seis décadas, a dedicação e todo tempo dos nossos colaboradores que conosco estão sempre comprometidos”.

O presidente também reforçou a identidade deste grupo: “Estamos sempre atentos às tendências de mercado, local e mundial, no que tange ao design e praticidade dos nossos produtos. Estamos em sincronia com o estilo moderno de vida, neste momento de uma geração toda digital. Nossos produtos vão além da fronteira do Brasil”. 

E encerrou a seu discurso falando sobre os esforços pela sustentabilidade. “Estamos sempre procurando alternativas de matéria-prima e processo produtivo que atendam aos requisitos de preservação ambiental acima de tudo”, afirmou.  

A feira contou com bom movimento de lojistas e expositores estão animados com os fechamentos de negócios.

 

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato