Guararapes-Cacador.jpg

Guararapes pede registro para abertura de capital na bolsa

A fabricante catarinense de painéis de madeira Guararapes entrou com pedido, nessa quarta-feira (16), de registro para realizar sua oferta inicial de ações (IPO). A empresa pretende usar os recursos obtidos para investir no aumento da produção de MDF e compensados, além de reforçar o capital de giro e, até mesmo, comprar concorrentes.

A operação de abertura de capital será coordenada pelo Bank of America, BTG Pactual, XP, Citi, Bradesco BBI e UBS-BB, envolvendo a venda de ações novas e uma participação detida pelo fundo de investimento Brasil Agronegócio, da BRZ Investimentos.

Leia: SEM NÚMEROS POSITIVOS, MOBLY FAZ PEDIDO DE ABERTURA DE CAPITAL

A Guararapes se apresenta como uma das maiores fabricantes do Brasil de painéis de madeira para a indústria moveleira e da construção, com capacidade de produção total de 600 mil metros cúbicos de MDF e 350 mil metros cúbicos de compensados por ano.

A companhia tem 12% de participação no mercado de MDF, além de ter 13% de market share na exportação de compensados.

No prospecto preliminar da oferta, a fabricante informa que teve receita líquida de 458,4 milhões de reais nos primeiros nove meses de 2020, em comparação ao ano passado, que foi de 405 milhões.

Em 2020, até novembro, a Guararapes Painéis teve lucro líquido de R$ 93,584 milhões, um crescimento de 80% em relação ao mesmo período do ano passado, também segundo o prospecto inicial.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato