bento-goncalves-pipa-portico-830x474_830x474_(2).jpg

Circuito Moveleiro Serra movimenta Bento Gonçalves

A 5ª edição do Circuito de Transformação do Mercado Moveleiro RS aconteceu em Bento Gonçalves na terça-feira (26) no Centro Empresarial da cidade. Com o tema 'As perspectivas para o mercado moveleiro 2020', o evento reuniu dezenas de pessoas, entre representantes de entidades, empresários e profissionais do segmento no Circuito Moveleiro Serra. O Circuito já foi realizado nas cidades de Porto Alegre, Lajeado, Santa Rosa e Passo Fundo e conta com a realização do Sebrae e apoio da Abimóvel, Movergs, Sindmóveis Bento Gonçalves, Instituto Senai de Tecnologia em Madeira e Mobiliário e patrocínio da Promob Software Solutions.

O gerente regional do Sebrae RS, César Nascimento, deu as boas-vindas a todos os presentes e ressaltou a importância de unir forças. "Esse é apenas o começo de um longo trabalho que pretende fortalecer o setor". Luiz Carlos Rosa, presidente do Núcleo do Circuito de Transformação, ressaltou a importância da cooperação entre as empresas, pois dessa forma será possível conhecer o setor e as demandas. "Estamos concentrando atenção em assuntos relevantes da cadeia de forma organizada".

O jornalista Tulio Milman abriu o evento falando de projeções dos cenários político e econômico para o estado e para o Brasil. Discorreu sobre as eleições de 2020 e destacou dois cenários, o otimista com o avanço das reformas e o pessimista gerado pelos conflitos internos e externos provocando quadro de instabilidade. Como sugestões para o crescimento, Milman apontou como estratégias importantes o fortalecimento de marcas e a aposta em experiências para o consumidor. Outra informação relevante trazida pelo jornalista é a de que desde 7 de outubro o amadurecimento da população gaúcha, ou seja, o número de pessoas acima de 60, é maior do que pessoas até 14 anos, o que gera mudanças na saúde, na mobilidade urbana e na política, exigindo, consequentemente adequações na arquitetura e no design. A segunda palestra contou com a presença da também jornalista Eleone Prestes que abordou as tendências do mercado mundial para atuar no Brasil. Entre elas estão tonalidades para 2020, a misturas de materiais, os tons neutros aliados com cores vivas, formas diferenciadas e toques retrôs.

Em um dos painéis do evento, Eleone Prestes, apresentou as perspectivas para 2020 na arquitetura e design, oportunidade em que enfatizou a importância do design como ferramenta de mudança e de diferenciação para as empresas. "Temos visto, por exemplo, no segmento de cores cadeiras com inteligência artificial e ainda como diferencial na paleta de cores que são tendência". A sustentabilidade também foi apontada como diferencial e Eleone ressaltou que o termo ganhou outras palavras amigas como reuso. "As pessoas começam a ter uma noção de que podem fazer algo com o mobiliário existente, como reformar, vender". A sofisticação do lar, com o intuito de trazer bem-estar e relaxamento, também é uma tendência, por meio de estofados, balanços, etc. "O design está por trás da inovação e ele ajudará a movimentar o mercado e vender produtos. Os empresários precisar ter um olhar de como as pessoas vivem".

Já a empresária Simone Gobbi falou das perspectivas de 2020 para o comércio de móveis e também da experiência à frente de suas marcas no varejo, a Natuzzi Itália e Natuzzi Novelle. "Eu acredito que o ano seguinte sempre será melhor, o empreendedor precisa pensar que sempre será melhor". Simone apontou a gestão compartilhada como fundamental para o empresário dar conta das inúmeras tarefas. "É preciso pensar fora da caixa, inovar para seguir no mercado".

Na parte da tarde, paralelamente, acontecem o Projeto Comprador Conexão: Indústria Seriada e Lojistas Nacionais e a Sessão de Negócios Conexão: Arquitetura e Marcenaria.

 

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato