furniture_china.jpg

Exposição Hybrid Shanghai supera expectativas

Furniture China de Xangai, que aconteceu em Pudong, de 8 a 12 de setembro, atraiu 111.511 visitantes domésticos (4,8% mais que a edição anterior) e 1.822 participantes internacionais, enquanto sua versão online atingiu mais de 11.000 pessoas de 136 países. Os internautas europeus foram responsáveis ​​por quase 15% deles.

Apesar das restrições da Covid-19, várias empresas internacionais expuseram, incluindo as marcas de móveis francesas Ligne Roset, Sifas, Gami, Galipette, Temahome e Fermob, além de outras da Holanda, Estados Unidos e Austrália.

Não é novidade que a área de exposição (integrando mostras irmãs FMC China e Maison Shanghai, além de vários ambientes orientados para o design) era menor do que o normal.

leia: FEIRA PRESENCIAL NA CHINA ATRAI MAIS DE 100 MIL VISITANTES

Wang Mingliang, fundador e diretor da organização da mostra, Sino Expo, afirmou que “a China International Furniture Expo seguirá o desenvolvimento dos tempos, avançará e recuará com os expositores, planejará uma transformação completa do novo varejo e estabelecerá um novo ponto de partida para um ecossistema de cadeia de abastecimento eficiente”.

A exposição há muito apresenta um forte componente online, a plataforma de compras JJGLE, e uma nova parceria com a Tmall promete maiores oportunidades para desenvolver vendas de comércio eletrônico online (exportações em particular).

A Furniture China do próximo ano acontecerá de 7 a 11 de setembro.

(Com informações Furniture News)

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato