cadeira_de_rodas_gazin.jpg

Funcionários da Gazin se unem para ajudar criança no PR

A história da pequena Sophia Aparecida da Silva, de apenas três anos, moradora da Vila Rural de Ivaté, tem sensibilizado moradores da região de Douradina (PR) - cidade sede do Grupo Gazin. Filha do casal Camila Aparecida Danelon e Tiego Augusto da Silva, Sophia foi diagnosticada com paralisia cerebral.

Segundo a mãe de Sophia, Camila Danellon, de uma criança ativa e alegre, hoje sua filha respira por uma traqueostomia e se alimenta por uma sonda no intestino. Ainda segundo Camila, a situação ocorreu, após a menina passar um episódio de crise convulsiva, que foi tratada como se ela tivesse se engasgado. “Ela ficou sem oxigenação no cérebro e precisa de muitos tratamentos para tentar voltar a ter uma vida ativa”, disse.

Ainda segundo a família, a menina está conseguindo realizar os tratamentos necessários graças ao apoio da comunidade. “Hoje a Sophia precisa de muitos cuidados, ela precisa de acompanhamentos médicos e de outros profissionais como oftalmologistas, pneumologistas, pediatras, fisioterapeutas e fonoaudiólogos. Se minha filha está conseguindo fazer o tratamento é graças às rifas, às ‘vaquinhas online’ e às campanhas’’, conta a mãe.

Os pais de Sophia chegaram a montar uma vaquinha online para arrecadar o valor de R$ 4.500 para comprar uma cadeira adaptada para a menina, no entanto não conseguiram comprar o equipamento.

Sensibilizados, um grupo de funcionários da Gazin, se organizou e adquiriu. por meio do projeto voluntário 'Mão Amiga', uma cadeira especial para melhorar a qualidade de vida e o desenvolvimento da menina.

"Assim que ficamos sabendo da história da Sophia, por uma das nossas funcionárias, Edilene Zacaroni, juntamos o dinheiro do projeto 'Mão Amiga' e o lucro arrecadado no 'Arraiá Xonado da Gazin' e compramos essa cadeira de rodas adaptada para a Sophia. É bom que as pessoas saibam que ao participar dos eventos promovidos pela nossa empresa, elas podem ter certeza de que em algum momento isso será revertido em ação social", afirma Sintia Gomes, uma das organizadoras do projeto 'Mão Amiga'.

A entrega do equipamento aconteceu na manhã da quinta-feira (12), após a Celebração de Resultados do Grupo Gazin, na matriz da empresa.

Para Eduardo Xavier, da gestão de pessoas, o sentimento é de gratidão. "Gratidão pelos funcionários que conhecem o DNA do Grupo Gazin, o verdadeiro Jeito Gazin que é repassado pelos donos da empresa e é refletido em todos os nossos 1.500 funcionários, que é o servir, o se doar. E nós esperamos que com essa doação, assim como as demais 65 famílias que a gente atende mensalmente, que o número de doadores possa crescer. Que esse projeto 'Mão Amiga', criado há 20 anos, prospecte a outras áreas também. E que essa corrente do bem possa ser disseminada em nossa comunidade, em outras empresas e comércios, para que possamos atender mais famílias". 

Emocionada a mãe de Sophia, agradeceu a todos que contribuíram para a aquisição do equipamento. "Que Deus abençoe muito vocês. Essa cadeira significa mais conforto e qualidade de vida para a Sophia. Só queremos o melhor para nossa filha. A Sophia é o amor da nossa vida, é ela que nos motiva a viver cada dia mais", disse Camila Danellon ao Portal da Cidade Douradina.

(Com informações do site Portal da Cidade Umuarama)

empresa

Gazin

De uma pequena loja inaugurada há quase 50 anos em Douradina, no interior do Paraná, surgiu a Gazin, uma das maiores empresas do Brasil, com 210 lojas de varejo em 7 estados, além de 5 indústrias de colchões e estofados e 13 centros de distribuição de mercadorias.