Ispa_relatorio1.jpg

Indústria de colchões dos EUA registra alta de 0,9% em 2019

A Associação Internacional de Produtos para Sono (ISPA), entidade que representa os fabricantes de colchões e os fornecedores de componentes, lançou seu Relatório Anual da Indústria de Colchões de 2019. O relatório publica dados sobre o desempenho da indústria de colchões norte-americana.

O valor em dólar no atacado do mercado total de colchões (incluindo colchões importados e produzidos nos EUA, bases fixas e de movimento) cresceu 0,9% em 2019 em comparação a 2018 (para US$ 10,5 bilhões), mas o total de unidades diminuiu 1,4% no mesmo período (para 52,9 milhões de unidades).

Com foco em colchões e camas fixas produzidos nos EUA, o valor de atacado aumentou em 2019 em 1,2% (para US$ 8,4 bilhões), mas as unidades diminuíram 4,4% (para 37,0 milhões de unidades). O Preço Unitário Médio de todos os colchões e bases fixas produzidos nos EUA aumentou 5,8% em 2019 em comparação a 2018.

"O mercado de colchões dos EUA continuou passando por mudanças significativas em 2019, mas terminou o ano com um forte quarto trimestre", observou Ryan Trainer, presidente da ISPA. “Infelizmente, essas tendências positivas pararam abruptamente quando a pandemia do COVID-19 interrompeu a economia e a indústria de colchões a partir do primeiro trimestre de 2020. Quando lançamos o relatório de 2019, é impossível não pensar em como essa crise afetará a produção e venda futuras de colchões".

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato