outperform.jpg

Política de aumento de preços bem-sucedida dá lucro recorde a Duratex

Duratex tem lucro recorde com "política de aumento de preços bem sucedida", nsegundo destacou o presidente da empresa.

O lucro líquido da Duratex subiu 5,9% no quarto trimestre de 2020 na base de comparação anual, para um recorde de R$ 301,6 milhões. A receita líquida, por sua vez, teve alta de 27,4%, para R$ 1,89 bilhão, seu maior valor histórico.

A margem bruta foi de 21,2% para 32,6%, enquanto o Ebitda ajustado e recorrente subiu 85,4%, a um recorde de R$ 516,2 milhões. A Duratex encerrou 2020 com alavancagem de 1,15 vez, medida por dívida líquida sobre Ebitda dos últimos 12 meses. Segundo o presidente da empresa, Antonio Joaquim de Oliveira, o patamar ideal seria de 2,5 vezes a 3 vezes. “Temos potencial para nos alavancar, facilmente, caso tenhamos oportunidades de crescimento inorgânico”, diz

Conforme destaca o Credit Suisse, os resultados foram impulsionados por volumes fortes em todas as divisões. A receita líquida também teve melhoras. O banco calcula que o fluxo livre de caixa de R$ 427,5 milhões foi auxiliado pelo Ebitda sólido e da liberação de R$ 195 de capital de giro.

O banco destacou que os resultados estão acima do esperado. O Credit mantém avaliação de outperform para a Duratex, por acreditar que a empresa se beneficiará de um ciclo de crescimento da atividade de construção no Brasil que pode durar anos, impulsionado por juros baixos, confiança do consumidor em alta e baixos estoques de unidades residenciais.

leia: APESAR DA EXPANSÃO NO 2º SEMESTRE, PRODUÇÃO RECUA 3,8% EM 2020

Resultados ainda melhores no ano

Em 2020, o lucro cresceu 11,9%, para R$ 453 milhões, enquanto a receita líquida, por sua vez, disparou para R$ 1,8 bilhão, alta de 27,4%. “Este resultado é decorrente da bem-sucedida política de aumento de preço praticada, bem como da acelerada recuperação da demanda, que levou todas as divisões a apresentarem forte crescimento no volume de vendas”, afirmou a companhia em comunicado.

Na avaliação do presidente da Duratex, Antonio Joaquim de Oliveira, os setores de construção civil e decoração devem viver um ciclo positivo nos próximos anos, desde que não haja grandes variações macroeconômicas.

O otimismo se justifica, segundo ele, pelas perspectivas de manutenção dos juros baixos, da facilidade de crédito ao consumidor, da demanda de materiais de construção para os lançamentos imobiliários já realizados e para as obras iniciadas, além da tendência de valorização da casa.

Segundo a empresa, a manutenção dos altos níveis de utilização fabril, permitindo uma maior eficiência operacional, aliada à bem-sucedida implementação de aumento de preço de todas as divisões, em especial a divisão madeira, fez com que a companhia superasse o resultado recorde alcançado no trimestre anterior. Na divisão Madeira, a companhia reajustou os preços de 10% a 20%, conforme linha de produtos, informa o comunicado. Em 1º de janeiro deste ano foram feitos novos ajustes. A Duratex aumentou os preços de painéis de madeira em 15%.

(Com informações InfoMoney e relatório da companhia)

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato

Você já conhece e segue nossas redes sociais?