marta_manente.png

Marta Manente é destaque na edição de junho da Móveis de Valor

A prática de contar histórias está presente em vários momentos da vida de uma pessoa. As histórias contadas pelos avós, pais ou amigos envolvem os ouvintes ao redor e, muitas vezes, deixam todos ansiosos para conhecer o desfecho. É inegável também que essas histórias exercem influência em quem as ouve, e muitas vezes deixam marcas. Agora, já imaginou ter histórias contadas através do mobiliário? A designer Marta Manente realizou esse feito.

A narrativa nas peças desta gaúcha está presente em todo o processo, desde a concepção até a produção e o marketing. Que mostra a semelhança entre o móvel e a descrição de alguma região específica. Um dos exemplos de produtos que são feitos neste molde é a coleção Nose. A luminária alia o processo industrial ao conceito natural, explorando o desejo de desconectar-se e abrir espaço para o lado primitivo. O balanço Revoar tem a intenção de representar o Brasil no exterior com móveis revestidos em couro, com detalhes manuais e minuciosos na peça. Mas, o destaque maior fica por conta da Chaise Lounge Flag. Ela revela um enredo italiano, em homenagem aos antepassados da designer, que há mais de um século atravessaram o oceano trazendo em suas mãos apenas ferramentas de manejo da terra, mudas de parreiras e a esperança de uma vida melhor.

E por lembrar dos antepassados, eles foram fundamentais para estimular a paixão da designer pelo mobiliário. Como sua família trabalha com móveis em Lagoa Vermelha (RS), a vivência direta com este nicho fez com que Marta tomasse gosto pelas produções.

Leia a reportagem na íntegra acessando aqui nossa revista digital.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato