ivens1png.png

Morreu nesta 5ª feira o designer Ivens Fontoura

Morreu nesta quinta (30), aos 80 anos, o artista plástico, designer e professor Ivens Fontoura.  Foi ele que criou a Bienal Brasileira de Design e o Prêmio Salão Design, um dos mais importantes do cenário latino-americano há 20 anos.

O velório acontece na Capela do Vaticano em Curitiba, mas é restrito à família, e vários outros professores de design da PUC, UFPR e Tuiuti, em função do Coronavírus. O corpo será cremado. A causa da morte não foi revelada, mas sabe-se que o designer vinha lutando contra um câncer no cérebro há alguns anos.

“Fontoura, ao longo da sua vida, exerceu atividades múltiplas, como artista e profissional. Foi, além de designer, crítico e curador de arte e design, fotógrafo, cenógrafo, artista plástico, museólogo e jornalista”, escreveu o jornalista e escritor curitibano, Fábio Campana.

Sobre ele, uma definição definitiva, feita pelo professor Aroldo Mura G. Haygert: “Ivens sonhou. Não nasceu velho. O mundo dos pioneiros se faz com gente como ele, alguém que acaba desmentindo a timidez tão decantada do paranaense. Mas sobretudo, é um mundo de criaturas que, no caso dele, sendo um superativo, é um criador com fulgores de Divindade. Cria, está deixando uma obra. Tem biografia definitiva. O caso dele não é de currículo”.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato