NRF_2020.png

NRF 2020 mostra que a tendência é se aproximar do cliente

Durante os dias 15, 16 e 17 de janeiro aconteceu mais uma edição do encontro anual da National Retail Federation (NRF), reunindo os principais representantes do varejo mundial em Nova York. O tradicional evento reuniu 38 mil participantes de 99 países na Big Apple com o intuito de apresentar as tendências para o varejo neste ano de 2020.

Todos os anos são apresentados vários cases de sucesso durante o evento e é passada uma visão do que será o varejo no ano e no futuro. Na atual edição não foi diferente, e o “Vision 2020” revelou algo que parecia ter ficado no passado, mas que se mostra um diferencial de atração neste momento do mercado: a proximidade com os clientes.

Assim como antigamente os donos de comércios conheciam seus clientes e os chamavam pelo nome, as atuais varejistas devem seguir pelo mesmo caminho ou, pelo menos, traçar uma estratégia parecida. O que mais chamou a atenção durante o evento foi o sucesso das empresas que começaram a tratar os consumidores de uma forma mais personalizada e mostrar os valores de sua marca.

A preocupação com o meio ambiente (sustentabilidade e reciclagem) e com o relacionamento diferenciado com o seu cliente são fundamentais para conquistar o novo perfil de consumidores. Afinal, as compras são movidas por sentimentos também, como o medo, desconforto e otimismo radical.

O que também ficou evidente foi a influência do comércio eletrônico na hora da compra, já que, de acordo com dados fornecidos pela NRF, 75% das compras em lojas físicas são influenciadas pelas lojas digitais. A busca por maiores informações e pesquisas na internet se mostram a grande sacada do consumidor na hora de fazer a sua compra. E não para por aí, o contrário também acontece, como foi mostrado na apresentação do case da Yeti durante o evento, em que as lojas físicas influenciaram diretamente nas compras digitais.

Outro ponto importante é o uso de dados. No terceiro dia do evento os palestrantes falaram muito sobre como o Big Data auxilia no equilíbrio do estoque, gerenciamento de pedidos, rastreamento de preços e percepção do consumidor sobre a marca. Tudo isso faz com que os dados se tornem um dos principais aliados das varejistas.

Em suma, a declaração do empresário brasileiro Marcos Gouvêa de Souza, feita em um vídeo para o canal do Grupo GS& Gouvêa de Souza, mostra um pouco do que foi o NRF 2020. “Participamos do NRF Retail’s Big Show há mais de 30 anos e todos os anos nós tentamos resumir o que consideramos o extrato da síntese condensado. Eu acho que para este ano, talvez as iniciais PPI poderiam representar isso: propósito, pessoas e inovação”.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato