grafico_de_alta.jpg

Produção de móveis sobe quase 30% de janeiro a maio, diz IBGE

Parece mesmo que 2021 deve ser o ano da indústria de móveis. A julgar pelos primeiros cinco meses do ano, o volume deste ano baterá recorde histórico. Em maio a alta chegou a 4,5% na comparação com abril. Já na comparação com maio de 2020, a evolução alcançou 42,5%. O acumulado de janeiro a maio está na casa de 29,4%. E note que a evolução nesta base de comparação vem crescendo mês a mês desde maio do ano passado. A mesma situação acontece no acumulado de 12 meses.

Porém, é sempre importante lembrar que o segundo semestre do ano passado foi muito positivo, inclusive em comparação com igual período do ano anterior. Assim, a produção precisa manter o viés de alta nos próximos meses para chegar ao final de 2021 com dados positivos, quem sabe de dois dígitos.

leia: INDÚSTRIA AVANÇA EM JUNHO AO SEGUNDO NÍVEL MAIS ELEVADO DO ANO

Veja abaixo quadro comparativo da variação mensal, acumulada no ano e em 12 meses, segundo dados do IBGE:

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato