isaloni.jpg

Salão do Móvel de Milão é adiado por conta do coronavírus

Depois de ter 11 mortes causadas pelo coronavírus registradas na Itália, o prefeito de Milão anunciou, na terça-feira (25), por meio das redes sociais, que o Salão do Móvel – um dos eventos mais importantes do design mundial – havia sido adiado em dois meses. O evento agora terá início no dia 16 de junho e se encerra no dia 21.

Giuseppe Sala, prefeito da cidade, fez um pronunciamento em que lamentou o adiamento e pediu compreensão de todos. De acordo com o jornal La Repubblica, além da confirmação de 11 mortes por conta da epidemia de coronavírus, também foram registrados 325 infectados no país.

O prefeito ainda agradeceu à indústria de móveis pelo apoio recebido na tomada da decisão e pediu para que o setor hoteleiro também colabore diante de cancelamentos e remarcações de visitantes.

Como já noticiamos anteriormente, alguns eventos asiáticos do setor moveleiro também foram adiados por causa da epidemia que teve origem na China e está se alastrando. Inclusive, durante uma apresentação feita à imprensa mundial sobre as novidades do Salão do Móvel de Milão, no último dia 14, notou-se a ausência de jornalistas chineses.

Como medida preventiva, a Itália suspendeu todos os voos para a China e vindos de lá desde o dia 31 de janeiro.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato