XYLEXPO_Last_45_.jpg

XYLEXPO entra na lista de feiras adiadas por coronavírus

A epidemia de coronavírus segue alterando o calendário das grandes feiras pelo mundo. Dessa vez, foi a organização da XYLEXPO que anunciou que o evento acontecerá em uma nova data. Na última sexta-feira (06), o Conselho de Administração da Acimall (Associação dos fabricantes italianos de máquinas e ferramentas para madeira) anunciou que a feira, programada para iniciar no dia 26 de maio, deve acontecer somente no segundo semestre de 2020.

Diante de uma emergência causada pelo Covid-19, a feira, voltada à indústria da madeira e que costuma apresentar inovações usadas pelo setor moveleiro, teve de ser adiada e ainda não tem uma data definida, segundo as informações que foram divulgadas pela organização, que assegura que a saúde dos visitantes e expositores está sempre em primeiro lugar.

A Itália, país em que acontece o evento, é um dos que mais vem sofrendo com o surto de coronavírus.

"Esperamos o máximo que pudemos, esperando que a situação voltasse ao normal", disse Lorenzo Primultini, presidente da Acimall e da exposição, no final da reunião do conselho. Ele ainda disse que “espera que, até o final de maio, os efeitos causados pelo Covid-19 estejam mais controlados. Mas nós não podemos prever o impacto na indústria e nem sabemos quando essa emergência de escala global acabará”.

Então, em um ato de responsabilidade por parte dos organizadores, a XYLEXPO, que é uma feira bienal, acontecerá somente quando os riscos de contágio diminuírem.

“Para as empresas, o pior inimigo é a incerteza, e foi a situação negativa que estamos vendo agora que nos levou a tomar essa decisão difícil”, concluiu Primultini.

 

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato