transamerica_expo.png

Yes Móvel Show quer cativar São Paulo com “Edição Ouro”

Anteriormente denominado de Showroom Yes, o Yes Móvel Show chega a 2020 não só com o nome repaginado como também com um novo destino e objetivo: conquistar São Paulo e transformar o tradicional showroom regional em um evento de porte nacional. De 24 a 26 de março o Transamerica Expo Center vai reunir 135 marcas expositoras e milhares de lojistas dispostos a conhecer e comprar as novidades propostas pelas empresas do Brasil à fora.

Para quem está se perguntando o que tem de tão especial que o showroom de São Paulo está sendo chamado de “Edição Ouro”, nós explicamos: o projeto faz parte das comemorações dos 10 anos da Yes. “É uma edição para coroar o que a gente vem fazendo em nível nacional e, por isso, surgiu esse ‘apelido carinhoso’ para o evento”, explica Erisson Matos, diretor da Yes.

Não à toa o Transamerica Expo Center foi o local escolhido para sediar o evento, por tratar-se de um pavilhão grande e moderno. “O Transamerica é um dos pavilhões mais modernos de São Paulo, acabou de passar por uma reforma e hoje está nos mesmos níveis dos melhores pavilhões europeus e mundiais. E um evento do tamanho e proporção do Yes Móvel Show São Paulo deveria acontecer em um complexo que pode abrigar toda essa infraestrutura. Outro fator muito importante e que pesou na escolha do local é por ser um pavilhão já conhecido pelos lojistas de eletromóveis, que já frequentam outros eventos realizados neste pavilhão”, conta Erisson.

Por parte dos expositores as expectativas também são as melhores possíveis para a primeira edição realizada na capital paulista. “Nossa expectativa é grande, pois sabemos que a Yes faz eventos de sucesso e não acredito que vai ser diferente na cidade que tem a maior economia do País”, declara Luis Fernando Giroldo, da Casa D, indústria de móveis de Mirassol (SP).

Aliás, os empresários do interior de São Paulo parecem estar muito otimistas com o evento, pois também é o caso de Sandro Luis Canabarro, gerente comercial da Móveis Bechara, de Tanabí (SP). “Estou muito confiante no potencial dessa feira, por conta de seu tamanho, pelo espaço em que será realizada e pelos comentários que tenho ouvido de lojistas e representantes. Acredito que o pessoal esteja engajado para fazer uma feira de nível nacional, já sendo uma das maiores do Brasil e conta com a vantagem de ser em São Paulo, que é uma cidade com uma logística muito boa”, anima-se.

E a escolha pela capital paulista veio de uma carência observada pelos organizadores do evento. “Desde que a Feira Internacional da Indústria Moveleira (Fenavem) acabou, São Paulo não recebeu mais nenhum grande evento do setor moveleiro, de eletros e colchões, que tivesse abrangência e reconhecimento nacional. Os eventos com maior alcance acabaram ficando restritos a polos moveleiros”, esclarece o diretor da Yes, acrescentando que “os nossos lojistas que visitavam os eventos regionais já vinham cobrando a realização de um grande evento em São Paulo, as indústrias também. Nós topamos o desafio. Nossa ideia é retomar o prestígio de um grande evento na capital paulista, reforçando o crescimento e a visibilidade do setor no maior mercado consumidor da América Latina”.

Outro ponto levantado pelos entrevistados foi o custo gerado para indústria ao participar de feiras moveleiras e as vantagens da Yes nesse aspecto. “Eles já são experientes no que fazem e com certeza esse evento será um sucesso sem custos desnecessários”, aponta Regiane Palhari Homen, gerente comercial da Nicioli, de Arapongas (PR). Quem segue na mesma linha e ainda completa a afirmação de Regiane é Odair Steinbach, sócio-diretor da catarinense Finestra. “Essa feira tem a proposta de ser enxuta, focada e de baixo custo para o expositor. O móvel torna-se a grande atração e não os estandes em si, que em outras feiras são enormes e muito estruturados, gerando um gasto muito grande para ficarem bonitos e chamar a atenção dos clientes. A maneira proposta pela Yes é até mais sustentável”.

A própria Yes valida esses argumentos e conta que o evento é um grande showroom. “Nosso evento não segue o formato de feira tradicional. Nós iremos fazer em São Paulo o maior showroom do Brasil em 2020. Isso muda tudo: a forma como os produtos estarão expostos, o foco na comercialização e na apresentação de produtos. E isso vem de um longo planejamento estratégico. Nós, da Yes, viemos cuidando desse projeto há aproximadamente 18 meses, aproveitando todos os nossos eventos para fazer a divulgação e, principalmente, entender a vontade e a predisposição dos lojistas para participar da nossa Edição Ouro”, empolga-se Erisson Matos.

A abrangência da feira também é destacada pelas empresas. “Esperamos atingir clientes de todo território nacional, pois como contamos com três plantas de produção temos uma logística privilegiada e podemos garantir satisfação nas entregas aos lojistas. São Paulo é o maior mercado de consumo nacional, por isso acreditamos na força da feira”, ressalta Johnny Jardini Junior sócio proprietário da Americanflex, com fábricas em Rio Preto (SP), Montes Claros (MG) e Campina Grande (PB).

Luiz Rigoni, diretor da Rimo, com sede em Linhares (ES), também fala sobre a possibilidade de estar em contato com os clientes do Brasil inteiro. “Esperamos ter uma gama muito boa de clientes sim, já que a cidade tem muita estrutura para receber eventos especiais. Como ainda é a primeira edição, precisamos acreditar que será boa e que esse projeto terá continuidade”, analisa.

Leia a reportagem na íntegra clicando aqui e acessando a versão digital da revista Móveis de Valor.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato

update post set views = coalesce(views, 0) + 1 where post_id = 8007