if_design_award_2020_2.jpg

Brasileiros são premiados no iF Design Award 2020

O design autoral brasileiro foi contemplado em mais uma edição do iF Design Award, prêmio internacional que celebra as principais invenções criativas em diversas categorias como mobiliário, arquitetura e produtos. Neste ano, 30 projetos do Brasil foram laureados entre os finalistas, sendo que dois levaram o mais alto grau de reconhecimento da premiação.

Os vencedores foram anunciados pela organização nesta terça-feira (4), após avaliação realizada por 78 jurados. Mais de sete mil inscritos de 56 países diferentes foram avaliados pelo júri. Confira a lista dos brasileiros contemplados na categoria de design de interiores:

Cadeira Ella, de Jader Almeida para Sollos

 

"A linha Ella deixa claro o domínio da forma e a execução requintada e complexa, apresentando um produto com incrível leveza visual", diz a avaliação. O equilíbrio entre formas e diferentes elementos e técnicas foram ressaltados pelo júri. 

 

Buffet Aero, de PLATAFORMA4 para Líder Interiores

 

Com traços inspirados na arquitetura modernista brasileira, a peça de madeira e palhinha foi destacada pelo prêmio. "É um móvel com uma forte identidade brasileira. É uma ótima peça para armazenar objetos com gavetas e prateleiras ou para dividir espaços", avalia. 

 

Cadeira Windsor, de Jader Almeida para Sollos 

 

Tida como uma das primeiras peças de mobiliário a ser produzidas nas colônias inglesas na América do Norte, a cadeira foi reinterpretada sob os traços já característicos de Jader Almeida. 

 

Poltrona Copa, de Estúdio Ronald Sasson para Tecline

 

"Poltrona para uso doméstico que explora a nostalgia dos mobiliários modernistas brasileiros e atualiza a peça por meio da tecnologia e do respeito às formas", avaliam os jurados. 

 

Luminária Memory, de Jader Almeida para Sollos

 

"O equilíbrio entre seus materiais garante beleza e identidade. É fácil de usar e de interpretar". 

 

Luminária Big Neu, da Stella

 

Extensão da linha Neu, a luminária ganhou nova roupagem em tamanho maior. "O efeito de luz devido à textura do produto é único, marcando elegantemente o caminho", ressalta a banca avaliadora.

 

Luminária PEG, da Omega Light

 

Inspirada pela funcionalidade dos pegboards, a luminária PEG é composta de uma base em perfil de alumínio que pode ter até 3,37 metros de comprimento. Além da função primeira de iluminar com luz direta e indireta, a peça pode receber uma série de acessórios para casa, escritório ou a cozinha em madeira tauari, facilitando as atividades cotidianas. 

 

Banco Serpa, de Estúdio Ronald Sasson para Voler Móveis

 

"Banco decorativo e funcional para casa ou ambientes públicos, com soluções confortáveis e um desenho único, que brinca com as noções de fluido, rígido e estático".

(Com informações da Casa Vogue)

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato

Você já conhece e segue nossas redes sociais?