e-commerce-402822_640.jpg

Compras online devem movimentar R$ 3 bilhões na Black Friday

De acordo com a previsão e a análise feita por especialistas, as compras online devem movimentar cerca de R$ 3 bilhões nessa Black Friday de 2019. O tíquete médio deverá ser de R$ 626,00, praticamente igual ao de 2018, segundo informações divulgadas pela Ebit|Nielsen. O que muda no meio digital é a quantidade de pedidos, que deve ser superior a do ano passado, com um crescimento de aproximadamente 15%, chegando a quase 5 milhões de compras.

“O consumidor está mais engajado na compra online. Ele testou mais durante o ano, entende melhor sobre logística, e os varejistas estão oferecendo mais opções – como a possibilidade de retirar o produto na loja, por exemplo. Assim, ele topa ter menos tempo de entrega e menos valor de frete”, declarou Ana Szasz, líder da Ebit, em entrevista recente.

A grande mudança no comportamento de compras do consumidor deve ficar a cargo do dispositivo utilizado para realizá-las. Este mês de novembro registrou pela primeira vez que o índice de compras feitas por dispositivos móveis corresponde a mais da metade do total. O que pode gerar uma preocupação para quem ainda não adaptou seu site ao formato dos smartphones, já que recentemente a pesquisa Ipsos revelou que 25% das varejistas perdem vendas por ainda não terem feito essa adaptação.

Preço ainda é o que move

A Black Friday, obviamente, gera uma expectativa por descontos e, de acordo com um levantamento feito pela Kantar, as categorias em que os brasileiros procuram por preços mais baixos são: Digital & Dispositivos Inteligentes (62%), Remédios Sem Receita (56%) e Moda e Móveis e Decoração (ambos com 54%).

Outra pesquisa feita nesse âmbito, realizada pelo SPC em parceria com Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas, aponta que 39% dos consumidores dizem que só farão compras nessa Black Friday se encontrarem descontos realmente atrativos.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato