ikea_Polonia.jpg

Ikea investe 200 milhões de euros em ações sustentáveis

O grupo Inter Ikea anunciou nesta quarta-feira (27) um investimento de 200 milhões de euros para acelerar a implementação de um modelo de negócio mais sustentável a nível ambiental até 2030.

O investimento entronca em duas medidas consideradas estruturais pelo grupo, em concreto a transformação da cadeia de distribuição Ikea através do uso de energias renováveis e da remoção de dióxido de carbono da atmosfera, por via da reflorestação, da recuperação de florestas degradadas e da melhoria da gestão florestal.

“A nossa ambição é reduzir mais o valor absoluto de gases de efeito de estufa, do que o total emitido em toda a cadeia de valor Ikea, até 2030, enquanto o negócio de mantém em crescimento”, afirma Torbjörn Lööf, CEO do grupo Inter Ikea.

O responsável acredita que o investimento “acelerará a transição para o uso de energia renovável em toda a nossa cadeia de valor e ajudará a remover dióxido de carbono da atmosfera”.

No âmbito da primeira medida, o investimento será canalizado para o uso de energia 100% renovável até 2030. Sendo a madeira uma das principais matérias-primas utilizadas pela Ikea, o grupo tem ainda previsto um investimento para projetos para reflorestamento e, consequentemente, redução da emissão de gases que causam o efeito estufa.

“Acreditamos que a melhor maneira de minimizar o nosso impacto climático é, principalmente, reduzindo a nossa emissão de gases de efeito de estufa e ajudando na remoção do dióxido de carbono existente na atmosfera”, sustenta Lena Pripp-Kovac, diretora de sustentabilidade do grupo Inter IKEA.

(Com informações do site português Hipersuper)

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato