lojas_cem_fechada_2.png

Lojas Cem tem receita zero na quarentena por não ter e-commerce

Após um 2019 com lucro em queda e redução no caixa, a Lojas Cem tem hoje receita zero, já que opera apenas com lojas físicas. A empresa é uma das poucas grandes varejistas de móveis e eletrodomésticos que não está no comércio eletrônico.

Mesmo com as medidas de isolamento decretadas pelos governos para conter o coronavírus, a rede não planeja iniciar vendas on-line. Sua receita líquida atingiu R$ 4,35 bilhões no ano passado, alta de 6,6%, mas o lucro caiu 13%.

As operações digitais têm ajudado suas rivais no atual cenário. Segundo consultores, Magazine Luiza e Via Varejo, ocuparam o espaço deixado no mercado por redes como Lojas Cem, com forte atuação no interior de São Paulo.

“É uma situação totalmente nova. Colocamos funcionários de férias, e como está vencendo esse prazo, vamos pôr em banco de horas [...]. Vejo especialistas falando de internet, mas você vê, a internet mesmo é menos de 5% da venda do varejo. E você olha a líder de varejo de nosso setor, há dez, 15 anos, eles vendiam 18 vezes a venda que a gente fazia. Hoje é 5,5 vezes, mesmo eles com lojas em todo o país e com o site”, disse José Domingos Alves, superintendente da Lojas Cem, em entrevista à rádio Jovem Pan, se referindo à Via Varejo.

(Com informações do Valor Econômico)

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato