the-business-chart-visual-graphics-report-concept.jpg

Preço dos móveis na indústria aumenta 28% em 12 meses, diz IBGE

Pela primeira vez desde que a pesquisa do Índice de Preços ao Produtor começou, em 2009, o IPP de móveis alcançou uma elevação neste patamar. Isso se deve as constantes altas de preços de matérias-primas e insumos que começaram ainda no primeiro semestre de 2020. Mensalmente os percentuais de aumento foram se acumulando até chegar a 3,08% em fevereiro de 2021.

Deve-se considerar ainda o fato de que o IBGE levanta o preço médio, o que significa que pode ocorrer de itens de mobiliário ter superado este índice.

leia: COM VENDA REDUZIDA, VAREJISTAS SEGURAM PEDIDOS COM INDÚSTRIA

Apesar disso, também é importante considerar que novos ajustes de preços devem ainda ser contabilizados, considerando que março ainda não tem pesquisa do IPP. Com certeza, descartando fevereiro de 2020 e incorporando o índice de março, o acumulado de 12 meses passa de 30%.

Veja abaixo o acumulado de 12 meses até fevereiro:

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato