serraria_todeschini.jpg

Todeschini apresenta a nova fábrica em Cachoeira do Sul (RS)

Com investimentos de R$ 110 milhões, a nova unidade de beneficiamento de madeira vai gerar 90 empregos diretos, além de ser um modelo de sustentabilidade.

O grupo Todeschini apresentou oficialmente nesta semana mais um braço do seu negócio em Cachoeira do Sul, na região Central do Estado. É a Todesmade, que surgiu do Projeto Sinergia onde o grupo investe há vários anos. O projeto conta com mais de 8,4 mil hectares de florestas plantadas e um estoque de mais de três milhões de metros cúbicos de toras de madeira a serem processados pela nova planta.

A apresentação da indústria foi feita pelo presidente do grupo, Paulo Farina. A obra iniciou em março de 2019 e a previsão de inauguração deveria ocorrer este ano, mas, em função da pandemia, a construção atrasou. A planta deve entrar em funcionamento no mês de abril de 2021.

leia: MÓVEIS DE VALOR DIVULGA AS MARCAS VENCEDORAS DO PRÊMIO TOP 20

A construção da indústria segue o conceito da sinergia, onde tudo é aproveitado, inclusive a casca do pinus, para a caldeira. Além dos pavilhões, o grupo Todeschini está investindo em máquinas modernas, grande parte delas importadas. A indústria contará com cinco prédios: serraria, remanufatura, caldeira, manutenção e o escritório, refeitório e vestiário. As edificações do complexo atingirão 20 mil m² em uma área total de 68 mil m².

A meta é produzir 8 mil metros cúbicos por mês de madeira e 2,6 mil toneladas de pellets, com foco na exportação. O diretor industrial, Jorge Pallastrelli, informou que 70% da produção deverá ser exportada. A madeira deverá ser utilizada pela indústria moveleira.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato