what_to_buy_in_apartment.jpg

Varejo de móveis bate novo recorde de vendas em agosto

O volume de vendas de móveis dos últimos três meses aumentou 119,2% na comparação com junho, julho e agosto do ano passado. Para lembrar, as vendas em junho registraram alta de 21,4%, em julho, mais 29,1% e em agosto subiu ainda mais, 39,9% na comparação com igual mês de 2019. O percentual de agosto é o maior da série histórica iniciada em 2012.

Em agosto, o maior índice de vendas registrado na pesquisa do IBGE ocorreu na Bahia com 71%, seguido pelo Rio de Janeiro (54,6%), Ceará (47,2%) e Santa Catarina (45,2%). Veja gráfico abaixo.

Os dois piores índices foram os do Rio Grande do Sul, com 26,3% e de Goiás, apenas 3,5% de aumento.

leia: COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR VAI IMPACTAR A BLACK FRIDAY 2020?

No acumulado do ano, novamente Ceará e Rio Grande do Sul continuam com vendas menores do que em igual período do ano passado. No estado gaúcho -5,9% e no Ceará -21%. A maior alta no período ocorreu em São Paulo, com 16%, seguido do Paraná, com 10,7%.

A taxa do volume de venda de móveis no varejo anualizada mostra expansão de 6,8% no País. Novamente Ceará e Rio Grande do Sul tem taxas negativas com -14,8% e -2,9%, respetivamente. E, novamente, a maior alta nos últimos 12 meses foi verificada em São Paulo com 17% na comparação com os 12 meses anteriores. Na sequência vem Goias, com 12,3% e Minas Gerais com 10,7%.

Veja abaixo o quadro completo das vendas do comércio de móveis em agosto:

 

 

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato