via-varejo-logo.jpg

Via Varejo é líder entre as maiores do varejo de móveis e eletros

A edição 2020 do Ranking das 300 Maiores Empresas do Varejo Brasileiro, índice da Sociedade Brasileira do Varejo e Consumo (SBVC), apresenta 34 empresas do setor de Eletromóveis, que somam um faturamento bruto de R$ 94,291 bilhões, o equivalente a 13,41% das vendas totais das 300 maiores empresas.

Em relação à edição anterior, houve um ligeiro aumento (0,15 pontos percentuais) na participação do setor. À exceção das líderes Via Varejo e Magazine Luiza, e da Portobello Shop, as empresas do setor são estruturadas em capital fechado, embora 13 delas contem com Conselho de Administração, indicando um amadurecimento de sua governança corporativa).

Esse é o setor em que a transformação digital do varejo apresenta seus cases mais relevantes, especialmente pelo Magazine Luiza e, mais recentemente, pelas iniciativas digitais da Via Varejo.

veja: soluções blu ajudam o varejo e a indústria

A incorporação de recursos tecnológicos nas lojas, como a integração com os sistemas de e-commerce (prateleira infinita, venda assistida, ship from store, “clique e retire”) e o desenvolvimento de aplicativos, trouxe um novo padrão de experiência de compra para os clientes, eliminando ineficiências, reduzindo radicalmente o tempo de entrega de produtos e aumentando a satisfação dos consumidores.

Essas iniciativas transformaram o papel das lojas físicas, fizeram com que as empresas líderes mudassem a forma de comissionamento das equipes e colocaram em xeque as métricas das lojas físicas.

Nessa virada das empresas, que se tornou ainda mais importante em 2020 em virtude do fechamento das lojas físicas na crise do coronavírus, as lojas de móveis e eletros precisaram rever o treinamento das equipes, o papel dos vendedores, a interação com dispositivos eletrônicos e até mesmo os processos de pagamento nas lojas.

Ao mesmo tempo, a aquisição de 100% do banQi pela Via Varejo, a aquisição da Netshoes pelo Magazine Luiza e os esforços das duas empresas em construir marketplaces para ampliar seu sortimento (inclusive para novas categorias) deixam muito claro o potencial da transformação digital dos negócios para novas oportunidades de crescimento.

As cinco maiores, pela ordem são Via Varejo, Magazine Luiza, Lojas Cem, Lojas Gazin e Fast Shop. Veja abaixo a relação das 34 maiores na lista da SBVC:

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato