amazon-logistica.jpg

Como a Amazon consegue ter tanta rapidez na entrega?

*Por Dra. Alessandra de Paula

Temos, em nossa memória, muitas perguntas a que normalmente nos referimos como “a pergunta que não quer calar”.

E aí nos lembramos de uma, veiculada já há algum tempo, que às vezes é repetida em alguma situação informal, nas conversas com familiares ou mesmo parceiros de negócios, quando se busca a resposta para uma situação que, aparentemente é inexplicável: “Tostines vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais?”

Esse questionamento foi o motor que alavancou as vendas do produto, na década de 1980 e, na atualidade, considerando as demandas de clientes e lojistas, uma outra questão, aparentemente sem resposta, tem sido posta, desta vez no campo da logística – Por que a Amazon consegue fazer entregas tão rápidas?

Essa questão é apenas aparentemente sem resposta, uma vez que, numa análise mais detalhada, envolvendo o conhecimento dessa empresa e de seu posicionamento no mercado, pode-se chegar a algumas conclusões.

Para entender bem o processo que facilita à Amazon ter maior agilidade em suas entregas – característica essa que faz parte das campanhas de marketing dessa empresa, tanto para alavancar as vendas como para captar clientes – é necessário entender que, no Brasil, a questão da agilidade e rapidez nas entregas ainda é um problema a ser resolvido pelas empresas de e-commerce.

Quem atua na área de logística ou em qualquer outro setor de vendas, principalmente no varejo, sabe que o foco de qualquer empresa deve ser a geração de valor para o consumidor final e, para que isso seja alcançado, os serviços devem ter qualidade que supere as expectativas até mesmo do consumidor mais exigente.

Como um dos grandes pontos de estrangulamento nas vendas do varejo situa-se no processo de entrega, é para esse ponto que devem convergir todos os esforços da equipe de logística, pois um serviço de entregas de alta qualidade e bastante eficiente quanto ao cumprimento dos prazos e integridade das encomendas entregues é essencial para a fidelização dos clientes.

Mas como a Amazon pode fazer a entrega acontecer com o máximo de rapidez e eficiência?

Por meio da criação de centros logísticos que concentram o recebimento e armazenamento dos produtos de seus parceiros no Marketplace. Dessa forma, o gerenciamento do processo de distribuição fica centralizado e possibilita maior agilidade.

O fato da mercadoria já estar disponível no centro de logística da Amazon confere maior agilidade à entrega, pois elimina-se o tempo que seria dispendido entre a retirada desse produto no depósito do parceiro e a chegada aos depósitos da Amazon para a redistribuição.

O posicionamento dos centros de distribuição da Amazon em localidades estratégicas, que oferecem diferentes modais de transporte, o que reduz a distância entre o depósito e a casa do consumidor, também contribui para a redução no prazo de entrega.

Essa forma de distribuição e entrega foi definida pela empresa pelo seu programa FBA (Fulfilment By Amazon), que poderíamos traduzir por “cumprido pela Amazon” ou “satisfação garantida pela Amazon”.

leia: AMAZON É PROCESSADA EM NOVA IORQUE POR RETALIAR FUNCIONÁRIOS

Esse programa foi bastante aceito pelos parceiros brasileiros, conforme relato de Alex Szapiro, country manager da Amazon no Brasil, o qual aponta que os parceiros de negócio da empresa relatam que esse programa os ajuda a economizar em várias frentes, como em tempo, dinheiro e envolvimento de funcionários no setor de empacotamento e remessa dos produtos. Esses mesmos empresários, afirma Szapiro, apontam que ao não se preocuparem com as questões descritas acima, podem se dedicar a outros aspectos de interesse da empresa, como expansão dos negócios, redução de custos e pesquisas para ampliar a diversificação de produtos a serem oferecidos. Com isso, conseguem aproveitar melhor a parceria com a amazona, aumentando o fluxo de vendas.

Essa forma de analisar a questão, sob o ponto de vista dos empresários parceiros, se constitui numa filosofia de vendas a ser adotada. O impacto dessa filosofia de vendas se reflete, consequentemente, na possibilidade de seleção de uma ampla gama de produtos, o que ainda oportuniza o oferecimento de frete grátis aos clientes em compras acima de determinado valor e o frete zero para os clientes adeptos do selo Prime, que é um serviço de assinaturas que, entre outras benesses oferece, aos clientes, streaming de vídeo e música, livros, games.

Some-se a todas essas condições que já distinguem a Amazon entre os concorrentes, a existência de convênios de exclusividade com algumas transportadoras, que já têm rotas pré-definidas e calculadas.

É possível entender, então, como a Amazon consegue fazer entregas tão rápidas?

 

*Dra. Alessandra de Paula é coordenadora dos cursos de Logística e E-commerce e Sistemas Logísticos do Centro Universitário Internacional Uninter.

**Artigo publicado originalmente em Comex do Brasil

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato