crivella_coletiva.jpg

Crivella libera de novo lojas de móveis no Rio de Janeiro

As lojas de móveis podem novamente reabrir na cidade do Rio de Janeiro nesta quarta-feira (17). Depois de lojistas ficarem confusos em relação à reabertura desse tipo de comércio na semana passada, o prefeito Marcelo Crivella anunciou a implementação da segunda fase do plano de reabertura gradual das atividades na capital. Inclusive, afirmou, durante coletiva de imprensa, que não descarta antecipar já para daqui a oito ou dez dias o início da fase 3 de reabertura (prevista para 1º de julho).

Crivella falou com a imprensa durante a tarde desta terça-feira (16), no Hospital Pedro II, revelando que se os indicadores que servem de referência para a mudança das etapas continuarem a cair, a fase 3 será antecipada. Esta fase contempla atividades consideradas de médio risco pela prefeitura, como comércio de rua, academias de ginástica e pontos turísticos – com limitação de público. Diferente das lojas de móveis que se enquadram na fase 2 por apresentarem risco de contaminação menor.

O anúncio sobre a possível antecipação foi feito por Crivella ao condenar o fato de boa parte do comércio da região do Saara, no Centro, já ter aberto as portas nesta terça-feira, mesmo sob proibição. Ele disse que a prefeitura está fiscalizando o comércio, e quem insistir pode ser multado em até R$ 50 mil e ter o alvará cassado.

Veja o que volta a ser permitido na fase 2, que passa a valer nesta quarta:

- Lojas de móveis e decorações
- Concessionárias e agências de automóveis
- Shoppings, das 12h às 20h (com limitação de 1/3 do estacionamento)
- Alimentação (só para delivery, drive thru e take away)
- Ambulantes
- Escritórios em geral
- Hotéis e hostels
- Calçadão da orla, praças e parques para atividades físicas
- Praia para esportes aquáticos individuais
- Voo livres individuais
- Consultórios e clínicas médicas e odontológicas (com agendamento prévio)
- Venda de ingressos online ou em caixas de autoatendimento para drive in
- Atividades de construção e reforma de casas e prédios e construção naval
- Centro de treinamento esportivos abertos para treino, sem público
- Competições esportivas com portões fechados
- A reabertura dos shoppings, inicialmente prevista para esta fase, foi antecipada pelo prefeito Marcelo Crivella para o dia 11 de junho, véspera do Dia dos Namorados.

Todos esses comércios devem reabrir seguindo as chamadas “regras de ouro”, que visam a segurança de comerciantes e consumidores:

- Uso de máscaras em locais públicos
- Constante higienização das mãos com água e sabão, ou álcool gel;
- Álcool gel também deve estar disponível nas áreas de circulação;
- Deverá ser respeitada uma distância mínima de dois metros (com marcações no chão);
- Ambientes arejados com portas e janelas abertas; se houver climatização do ar deve ter manutenção constante;
- Equipes de limpeza e funcionários deverão trabalhar com equipamentos de proteção individual
- Higienização dos espaços deve ser feita a cada três horas; limpeza imediata após o uso; e faxina completa ao fim do dia;
- Reforçar a etiqueta respiratória (como tossir e espirrar usando braços como proteção);
- Pessoas com sintomas devem ser encaminhadas à assistência médica.

(Com informações do Jornal Extra)

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato