Notícias

Views 523

Designer de móveis brasileiro fatura R$ 7 mi

À frente da A Lof of Brasil, Pedro Franco faz sucesso com peças irreverentes


Enquanto ainda estudava arquitetura, em 1998, Pedro Franco teve o primeiro contato com o design de móveis. Sua primeira peça, a Poltrona Orbital, foi desenvolvida com câmaras de ar de pneu. O móvel inusitado foi premiado no Brasil Faz Design, levando Franco para participar da mostra Manisfestazione Fuori Saloni, em Milão. Desde então, a irreverência do designer tem gerado bons resultados.

 

Em 2006, Franco abriu sua própria loja, a A Lot Of Brasil. “Eu estava em busca de um design mais democrático, com um preço melhor para o consumidor”, lembra o designer, explicando que investiu em torno de R$ 1,5 milhão para abrir a empresa na região de Pinheiros, na capital paulista.

 

Com o desenvolvimento de novos materiais, a proposta de Franco é industrializar cada vez mais seu processo de produção. Dessa maneira, ele pretende manter a qualidade de suas criações e, ao mesmo tempo, torná-las acessível a um maior número de consumidores.

 

Franco também foi responsável por trazer ao Brasil grifes internacionais de mobiliário, como a Futura, Fasem e Skitsch. “Essa foi a maneira que encontrei para suprir todos os custos do negócio e conseguir o lucro que precisava”, afirma Franco.

 

Atualmente, a A Lot Of Brasil possui 80 produtos em seu catálogo e vende cerca de 280 peças por mês, em loja própria e 52 revendas espalhadas pelo País. O faturamento anual da empresa gira em torno R$ 7 milhões, com crescimento de 20% por ano. Franco trabalha ainda com o licenciamento da marca, levando sua assinatura para peças de empresas parceiras.

 

Nos próximos dois anos, Franco espera chegar aos 200 itens no catálogo para estruturar seu sistema de franquias. "Com uma maior variedade de produtos, consigo mais representatividade no mercado para expandir", projeta o designer.




Continue recebendo as melhores informações do setor moveleiro

ASSINE NOSSA NEWS