boneco_e_grafico.jpg

Preço dos móveis se descola do IPCA e avança 0,53% em agosto

Não é comum, mas eventualmente acontece. Em agosto, segundo o IPCA-15 divulgado nesta quinta-feira, 22, pelo IBGE, o preço dos móveis no varejo subiu 0,53% enquanto o IPCA-15 geral ficou em 0,08%. E apenas o item colchão registrou deflação (-1,35%), enquanto a maior alta ficou com o item móvel para quarto, com 1,20%. Para se ter ideia, das 11 regiões pesquisadas, em 7 o aumento dos móveis superou a média geral.

No período de janeiro a agosto, para um IPCA-15 geral de 2,51%, o índice de móveis é de 0,35% e apenas no Distrito Federal, o índice é maior – infinitamente maior – do que a média, com 7,06%. E no acumulado de 12 meses ocorre o mesmo comportamento. Enquanto o IPCA-15 registra 2,82% no DF, móveis emplacam alta de 10,08% no período.

Por segmento pesquisado (sala, quarto, cozinha, infantil e colchão) surpreende o comportamento principalmente dos itens móvel de quarto e colchão. Enquanto o primeiro, nos últimos 12 meses, aumentou 4,60%, colchão recuou 1,53%. Detalhe: em agosto de 2018, na comparação com os 12 meses anteriores, colchão registrava alta de 6,46% e móvel de quarto apenas 1,42%. A situação se inverteu agora.

Veja abaixo quadro completo do IPCA-15 de agosto:

 

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato