ind_de_mov_2.jpg

Produção de móveis aumenta forte no Sul em maio, diz IBGE

Em maio a produção de móveis registrou alta expressiva, nada menos de 18,6% na comparação com maio de 2018. O resultado de maio também elevou, pela primeira vez desde fevereiro, o acumulado do ano para taxas positivas. Os primeiros cinco meses de 2019 na comparação com o mesmo período do ano passado apresentam alta de 0,2%.

Os dois principais estados produtores – Paraná e Rio Grande do Sul – foram os principais responsáveis pelo forte aumento da produção em maio. Na comparação com igual mês de 2018, a produção no Rio Grande do Sul aumentou 16,6% e no Paraná 13,5%. Estes índices também elevam as taxas da produção no acumulado dos primeiros cinco meses do ano. No Paraná 3,7% na comparação com o mês anterior e no Rio Grande do Sul, 2,1%. Entretanto, no caso das indústrias paranaenses, apesar do bom desempenho de maio, o acumulado do ano ainda é negativo em 4%, menos do que até abril, como se observa acima. O Rio Grande do Sul, por sua vez, acumula expansão de 7,6% na mesma base de comparação.

A taxa anualizada também é diferente em cada região. No Rio Grande do Sul a produção nos últimos 12 meses aumentou 7,7% enquanto no Paraná recuou 4,3%, segundo os dados da pesquisa mensal de produção industrial do IBGE.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato