producao-no-sul-baixa-770x499.jpg

Produção de móveis fecha 11 meses em queda, diz IBGE

O ano de 2019 deve fechar apenas com um zero a zero na comparação com o ano anterior que, por sinal, também não foi bom (-0,3%) no nível de produção de móveis. Em novembro, segundo a pesquisa mensal do IBGE, a produção recuou 1,3% na comparação com outubro e levou o índice do acumulado de 11 meses para terreno negativo (-0,1%). A taxa anualizada até novembro registra queda de 1,2%, a mesma de outubro nesta base de comparação. Porém, como o nível de produção em dezembro de 2018 foi muito baixo (-4,7% na comparação com novembro), é possível prever que os dados de 2019 fecham no mínimo iguais a 2018.

A se confirmar esta previsão, nos últimos cinco anos, apenas um ano fechou com nível de produção em alta na comparação com o ano anterior. Em 2017 o índice chegou a 4,6%, porém não foi suficiente para repor nem metade das perdas do ano anterior que chegaram a 11,0%.

A produção de móveis entre 2014 e 2019 recuou quase 27%.

 

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato