colchao_x_anhanguera-1165412.jpeg

Professor desenvolve colchão com dispositivo para reduzir dor

Um professor de Taubaté (SP) desenvolveu um colchão com um dispositivo que reduz a dor de quem sofre de fibromialgia e dor lombar inespecífica. Os colchões serão doados para moradores com fibromialgia e dor lombar inespecífica interessados em participar do processo de pesquisa desenvolvido pela unidade local da Anhaguera.

Jorge Alves Junior é coordenador da Clínica de Fisioterapia da faculdade. “Estamos em fase de testes, e estão sendo desenvolvido dois projetos com embasamentos científicos. Ambos já foram aprovados pelo comitê de ética da região de Taubaté e aprovados na plataforma Brasil, que rege as regras sobre estudos científicos e proteção dos participantes no território brasileiro”, disse o professor.

Leia: ORTOBOM ABRE MAIS DE 250 VAGAS DE EMPREGO EM TODO O PAÍS
leia: F.A. COLCHÕES PROMOVE LIVES SOBRE IMPORTÂNCIA DO SONO

Cada projeto contará com 44 participantes (moradores de Taubaté que apresentarem laudo médico comprovando as patologias), totalizando 88 colchões. Os colchões serão doados para os moradores, para testes gratuitos. Será feito ainda um acompanhamento da qualidade de vida por seis meses. “A proposta é oferecer uma melhora significativa da qualidade do sono e redução da dor, especialmente porque se sabe da importância que dormir bem causa para as pessoas com estes problemas”, disse o professor.

Triagem

Os interessados em participar da pesquisa e receber o colchão, além do acompanhamento fisioterapêutico, terão que passar por uma triagem.

São disponibilizadas 44 vagas. Os interessados devem se dirigir à secretaria da Clínica de Fisioterapia da Anhanguera de Taubaté, das 8h às 12h, e das 13h às 17h, ao longo do mês de setembro, ou até que se esgote a quantidade de pacientes. É preciso levar encaminhamento médico comprovando as patologias, além de documentos pessoais. É necessário ser morador de Taubaté.

(Com informações do OVale)

leia: INMETRO DISPENSA REGISTRO DE COLCHÕES PARA IMPORTADORES
Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato