semabra.jpg

Móveis com descontos de até 70%. Quem está pagando a conta?

A “Semana do Brasil”, criada pela Secretaria de Comunicação do governo federal (Secom) e o Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV) no ano passado, promete reunir milhares de lojas com descontos de até 70%.

No ano passado, cerca de 3.000 lojas participaram da chamada “Black Friday verde e amarela”. Segundo levantamento realizado pela Cielo, na comparação com o mesmo período de 2018, a “Semana do Brasil” de 2019 fez o varejo crescer 11,3%. O setor de móveis e eletrodomésticos foi um dos que registrou maior aumento de vendas, com crescimento de 12,6% em relação ao ano anterior.

Na edição de 2020, de 03 a 13 deste mês, as empresas do segmento querem repetir o feito. Marcas como Mobly, MadeiraMadeira, Tok & Stok e Etna organizaram promoções para atrair clientes para suas lojas virtuais e físicas. Grandes varejistas também vão participar. No Magazine Luiza, haverá produtos com até 70% de desconto e Frete Grátis. No Extra, os descontos são de 40% utilizando o cupom BRASIL.

Leia: SEMANA BRASIL COMEÇA HOJE E PODE ALAVANCAR MAIS AS VENDAS

Desde o começo da pandemia, o setor já está em alta. O isolamento e o home office levaram uma massa de trabalhadores a passar mais tempo em casa. Com isso, subiu a procura por móveis para trabalhar em casa e ampliar o conforto do espaço.

A “Semana do Brasil”, então, pode ser um impulso extra para os consumidores que ainda não compraram uma cadeira de trabalho nova ou um sofá mais aconchegante.

Veja as principais promoções

Mobly

Fundada em 2011, a Mobly nasceu como uma loja online de móveis e itens de decoração. Com o passar dos anos, a empresa decidiu abrir alguns pontos físicos pelo Brasil — mas, durante a pandemia, voltou a focar exclusivamente na estratégia digital. Durante a “Semana do Brasil”, a empresa oferece produtos com até 65% de desconto pelo site. A empresa também assume 50% do valor do frete em compras acima de 1.000 reais. Estão em promoção itens para sala de estar, jantar, quarto, escritório, cozinha e área externa. A expectativa da marca é crescer as vendas entre 30% e 40% nos próximos dias por conta das promoções.

MadeiraMadeira

A MadeiraMadeira, fundada em 2009 em Curitiba, vende produtos próprios e de terceiros em seu e-commerce. Para dar conta do aumento de demanda na quarentena, a empresa, que recebeu um aporte de 110 milhões de dólares do Softbank no ano passado, está contratando cerca de 100 pessoas por mês. Na “Black Friday brasileira”, a empresa lança uma campanha chamada As Melhores Ofertas do Brasil. Os descontos estarão disponíveis entre 4 e 11 de setembro, com promoções em produtos para o quarto, sala de estar, escritório, cozinha e sala de jantar.

Tok&Stok

A Tok&Stok, varejista conhecida do segmento de móveis e decoração, também participa da semana de promoções entre os dias 3 e 13 de setembro. A empresa separou produtos para sala de estar, sala de jantar, quarto, escritório e cozinha. Há promoções de itens menores, como vasos e toalhas, até produtos mais caros, como cadeiras e sofás.

Etna

Já a Etna, para beneficiar seus consumidores durante a “Semana do Brasil”, está oferecendo frete grátis para as compras acima de 600 reais no e-commerce e parcelamento de 12 vezes sem juros em todas as compras feitas durante o período promocional.

Marabraz

A Marabraz, conhecida por vender móveis e artigos de decoração, também colocou seu site em promoção durante a “Black Friday brasileira”. E não são só seus artigos que estão com desconto. Durante a pandemia, a empresa abriu sua plataforma de e-commerce para pequenos e médios vendedores que queiram oferecer seus produtos — a expectativa é que até 30% das vendas do site sejam feitas pelos parceiros. Na “Semana do Brasil”, a marca dá até 70% de desconto em produtos que vão desde mesas e panelas até esponjas de aço e talheres. “Nossa expectativa é dobrar as vendas comparado à última Black Friday”, afirma Abdul Fares, sócio e diretor financeiro da Marabraz.

Lojas Colombo

A Lojas Colombo também promete bons preços em móveis durante os próximos dias: a empresa anunciou descontos de até 60% na categoria em seu e-commerce. Em outras categorias, como eletrodomésticos, a varejista oferece promoções de 50% de desconto. Os smartphones, por sua vez, estão com descontos de até 27% e frete grátis.

(Com informações da exame.com)

O CEO do Intelligence Group, Ari Bruno Lorandi, estranhou o tamanho dos descontos: "Chama atenção o fato de que a maioria das indústrias está com vendas suspensas até janeiro. O aumento no preço dos insumos foi criticado por todos os fabricantes. Então, perguntar não ofende: quem está pagando a conta por estes descontos em época de alta demanda e pouca oferta?"

 

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato