DSC02440.jpg

Setor moveleiro investe em tendências ecológicas

Na última quarta-feira (19), arquiteta da Sandra Pinho Pinheiro, apresentou uma palestra sobre as tendências das construções sustentáveis e a certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design). O encontro aconteceu a durante reunião da diretoria do Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná, no Sistema Fiep, no Centro Cívico, em Curitiba.

A arquiteta falou sobre os principais requisitos para que uma construção alcance a certificação LEED, criada pelo Conselho de Construção Sustentável dos EUA (USGBC) há mais de dez anos. Segundo ela, a indústria moveleira também auxilia os empreendimentos na conquista do selo, pois entre os itens avaliados está a utilização de mobiliários que possam emitir substâncias tóxicas no ambiente. Ela citou como exemplo o uso de selantes. Sandra também alertou para o uso de materiais que sejam fáceis de serem reciclados e renovados em um período de até dez anos. Segundo ela, os fornecedores contratados pelas empresas do setor moveleiro também devem seguir esta mesma linha, de materiais sustentáveis e recicláveis

No Brasil, mais de 400 empreendimentos já possuem o selo internacional e estão comprometidos com a sustentabilidade. Esse número coloca o país na 4º posição no ranking mundial da construção verde, segundo levantamento realizado pela USGBC. Na frente do Brasil, no ranking dos países mais preocupados com a construção sustentável, estão os EUA, China e Emirados Árabes.
Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato

Você já conhece e segue nossas redes sociais?