condominio_luggo_2.jpg

Tuim e MRV fazem parceria para locação de móveis

A ideia da MRV é criar um ecossistema de moradia, por isso, já estão investindo em condomínios que suprem várias necessidades de seus moradores. E a startup Luggo, que pertence à MRV, é quem ficou responsável pela administração dos residenciais que contam com imóveis para locação.

“A Luggo é uma startup da MRV para a locação e gestão de ativos residenciais. Após a construção feita pela MRV, a locação e a administração são feitas pela Luggo e os ativos dos condomínios são transferidos a um fundo imobiliário, uma maneira de investir em imóveis de forma indireta e descomplicada”, explica o diretor de marketing.

Os condomínios oferecem comodidade aos moradores, proporcionando uma “experiência de viver Luggo”, como dizem os responsáveis pela startup. “Os moradores têm diversas opções de serviços, alguns deles inéditos no mercado de locação, como aluguel de carros, lavanderia compartilhada, limpeza e locker. Também há espaços de uso comum, como coworking, espaço pizza e espaço kids. Os novos condomínios também oferecem internet de alta velocidade, armários planejados, box, cortinas e luminárias” conta Rodrigo.

Quem é parceira da Luggo nesse projeto é a Tuim, uma locadora de móveis. Conhecida como a “Netflix dos móveis”, a startup oferece móveis para locação. “Como todas as unidades residenciais do condomínio são alugadas, nós entendemos que seria uma boa opção para o morador alugar seu mobiliário durante o tempo em que estiver morando lá. A Tuim trabalha exatamente com isso e oferece condições especiais para esses moradores”, informa Resende.

Vale lembrar que os contratos de aluguel do imóvel e dos móveis são feitos separadamente, pois alguns moradores preferem comprar o seu mobiliário ao invés de locar. E como as duas empresas são startups, totalmente ligadas ao digital, a assinatura dos contratos da Luggo é feita digitalmente e a Tuim oferece um catálogo online de móveis, fazendo toda a negociação por meio do seu site.

Pamela Paz, a mulher à frente do serviço de locação de móveis, diz que eles não pensaram duas vezes na hora de firmar a parceria com a Luggo. “Começamos o contato com a MRV em 2019, quando a Tuim conquistava seus primeiros clientes. Fomos até Belo Horizonte apresentar o nosso modelo de locação de mobiliário para os empreendimentos da Luggo. Não pensamos duas vezes: uma parceria entre as duas empresas era perfeita”, empolga-se.

Essa parceria faz parte do processo de expansão da atuação da Tuim, que estava atendendo apenas o público de São Paulo, anteriormente. “Para atender essa proposta de parceria nós iniciamos a atuação fora de São Paulo, ainda que somente para empresas - em Belo Horizonte e Curitiba (capitais que possuem os condomínios da Luggo). Agora, já começamos a estudar projetos maiores para integrar os dois modelos de negócio. A ideia é oferecer, cada vez mais, praticidade para todas as pessoas que têm uma vida móvel, conta Pamela Paz."

“A Tuim nasceu para trazer mais flexibilidade e liberdade às pessoas, assim como a Luggo. Começamos com um projeto piloto, mobiliando um studio para demonstração, e hoje já estamos entrando no quarto empreendimento. A união das empresas permitiu apresentar para os clientes uma solução na locação: o imóvel aliado aos móveis”, finaliza a empresária.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato