graph-163509_1280.jpg

Varejo de móveis deve crescer 9,8% no 1º trimestre, diz Ibevar

As vendas do varejo ampliado devem crescer 5,87% em termos reais no primeiro trimestre de 2020 na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com projeção do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Consumo (Ibevar). Na comparação com o quarto trimestre de 2019, a expectativa é de crescimento real de 1,01%. Para o ano, a projeção é de crescimento de 5,23%.

O estudo avalia a intenção de compra dos consumidores por meio de previsões econométricas baseadas em renda real, taxa de juros, prazo médio e inadimplência, e por pesquisa nas redes sociais.

As vendas de móveis e eletrodomésticos devem ser destaque, segundo mostra o levantamento do Ibevar. A previsão é que as vendas na categoria subam 9,80% no primeiro trimestre na comparação com o mesmo período de 2019.

A comercialização de automóveis, motos, partes e peças também devem avançar 6,81%. Destaque também para as vendas de outros artigos de uso pessoal e domésticos, que devem subir 7,66%.

Já para as vendas de livros, jornais, revistas e papelaria, o Ibevar projeta um recuo de 11,44% no primeiro trimestre de 2020, na comparação com igual intervalo do ano passado.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato