store_int_06_large_(2).jpg

Venda de móveis no varejo sobe pelo quarto mês consecutivo

As vendas no varejo variaram 0,1% em outubro de 2019 na comparação com o mês anterior (série com ajuste sazonal). É o sexto mês consecutivo de crescimento, com um acréscimo de 2,7% no período. O índice de média móvel trimestral, após acréscimo de 0,6% no trimestre encerrado em setembro, mostrou perda de ritmo no trimestre encerrado em outubro (0,4%).

E as vendas de móveis em outubro também apresentaram resultado positivo, menor, é verdade, do que em setembro quando a alta chegou a 8,5% na comparação com setembro de 2018, mas os 5,1% verificados em outubro na mesma base de comparação, elevou de 4,6% para 4,7% o volume de venda de móveis no varejo nos primeiros 10 meses deste ano. Em outubro do ano passado a taxa anual estava com queda de 1,1%.

A taxa anualizada subiu de 2,4% em setembro para 2,9% em outubro, deixando antever que o crescimento em 2019 deverá se situar na casa de 3,8% a 4,0%, recuperando a queda de 3,3% verificada em 2018.

Em receita de vendas resultado é ainda melhor

É natural a receita de vendas se apresentar melhor do que o volume de vendas, considerando a inflação do período. Por isso, em outubro a receita subiu 7,0% ante 5,1% em volume. No acumulado de janeiro a outubro a alta da receita é de 7,9%, enquanto de volume é de 4,7%. A mesma situação ocorre na taxa anualizada. A de volume ficou em 2,9% e a de receita em 6,1%.

Para efeito de comparação, a inflação entre janeiro e outubro medida pelo IPCA ficou em 2,60%.

Veja abaixo a variação do volume de vendas mês a mês entre janeiro e outubro. Importante destacar que o pico observado em maio deve-se ao forte recuo das vendas em igual mês de 2018 por conta da greve dos caminhoneiros.

 

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato