imperio-moveis-eletros-2018-770x499.jpg

Vendas do varejo brasileiro crescem 3,1% em janeiro, diz Cielo

As vendas no varejo brasileiro cresceram 3,1% em janeiro, descontada a inflação, em comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), que acompanha mensalmente o desempenho de 1,6 milhão de varejistas credenciados à companhia de meios de pagamentos.

Tal performance representa uma aceleração em relação a dezembro, quando houve alta de 2,6% na comparação ano a ano, mas ficou abaixo do resultado de janeiro de 2019, quando registrou acréscimo anual de 3,5%.

“Os últimos meses de 2019 foram marcados por oscilações: houve aceleração em novembro provocada pela Black Friday e uma desaceleração no Natal. Com isso, o ritmo de crescimento em janeiro ficou bem parecido com o de dezembro”, destacou o diretor de Inteligência da Cielo, Gabriel Mariotto.

Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, o ICVA subiu 6,9% no mês passado, ante 6,1% em dezembro e 6,8% em janeiro de 2019. A Cielo atribuiu o comportamento do índice a efeitos de calendário que beneficiaram o resultado de janeiro deste ano.

 

REGIÕES

As regiões Sudeste, Nordeste, Norte e Centro-Oeste apresentaram aceleração na passagem mensal enquanto Sul registrou desaceleração nas vendas de acordo com o ICVA deflacionado com ajuste de calendário. Na região Norte, a alta foi de 6,6%, seguida pelas regiões Nordeste (4,2%), Centro-Oeste (3,1%) e Sudeste (2,0%). Já na região Sul a queda foi de 1,6%. Pelo ICVA nominal – que não considera o desconto da inflação –, o destaque foi a região Norte, com alta de 12,1%. Em seguida aparecem: Centro-Oeste (7,9%), Nordeste (7,8%), Sudeste e Sul (ambas com alta de 6,2%).

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato