amazon-correio-.jpg

Amazon investe em frete grátis para compras internacionais

A disputa entre os e-commerces está cada vez mais acirrada aqui no Brasil, com os grandes players correndo atrás das formas mais rápidas de entrega para atrair clientes. Pensando naqueles que fazem compras internacionais, a Amazon anunciou na terça-feira (11) que terá uma modalidade de frete gratuito para assinantes brasileiros do Prime.

Outra informação dada pela companhia, é que ela vai acelerar o despacho de mercadorias dos Estados Unidos para o Brasil. A ideia é de que os itens importados adquiridos aqui no país fiquem prontos para o envio em até duas semanas, mesmo com os atrasos que estão sendo encarados na pandemia.

Antes, a Amazon já permitia as compras internacionais, mas não havia benefícios no frete para assinantes, e a entrega tinha um prazo muito maior. A gigante quer competir diretamente com outros marketplaces que já são conhecidos do público brasileiro que opta por compras internacionais, como Shopee e AliExpress, do chinês Alibaba.

De acordo com informações publicadas pela Folha de S. Paulo, em alguns casos, a depender do valor da compra, as empresas pagam o frete, mas o prazo de entrega costuma durar 30 dias. O Mercado Livre também possibilita o comércio de produtos internacionais, mas não esclarece se arca com o frete a assinantes do seu serviço de pontos nesse tipo de transação.

Só serão isentos de frete na Amazon os inscritos no Prime, que cobra R$ 9,90 para acesso a catálogo de filmes, música e frete gratuito. Na nova divisão de compras internacionais, o valor final dos itens já incluirá as tributações de importação.

leia: ALTA DO E-COMMERCE NÃO IMPEDE PERDA DE R$ 24 BILHÕES NO VAREJO
leia: AMAZON PRIME DAY 2021 CONFIRMADO PARA JUNHO

Todos os centros de distribuição localizados no nosso país estão conectados com a operação americana, o que reduziu os prazos de entrega em até 40%, segundo informou Tiago Abel, líder de operações do varejo no Brasil, à Folha.

“Em duas semanas o produto será despachado para o consumidor, mas a chegada depende do tipo de mercadoria. O cliente não Prime terá mais velocidade, mas não terá o frete grátis”, afirmou Abel ao jornal.

A Amazon garante que alguns produtos já estarão disponíveis para pronta-entrega, com prazo de dois dias para chegada na casa dos clientes. Outra opção, válida para os moradores do centro expandido de São Paulo, é a entrega no mesmo dia, porém será cobrada uma taxa extra.

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato