financial-charts-and-laptop-on-the-table.jpg

Aumento de preços de móveis na indústria perde fôlego em abril

Quem observa atentamente o comportamento dos preços ao produtor, medidos mensalmente pelo IBGE, percebe que nos últimos meses os aumentos vêm perdendo força, depois de um ano bastante intenso, especialmente a partir de setembro do ano passado. O recorde de alta aconteceu exatamente naquele mês, com 4,14% na comparação com agosto. Fevereiro deste ano ainda registrou alta considerável, de 3,07%, mas desacelerou em março e teve um comportamento semelhante em abril, com 1,46%.

No acumulado do ano, a alta chegou em dezembro na casa de 21,08%. De janeiro a abril deste ano o aumento chega a 8,66%.

O índice de 12 meses, considerando maio de 2020 e abril de 2021 está na casa de 28,61%.

leia: VENDA DE MÓVEIS NO VAREJO SOBE QUASE 90% EM ABRIL, DIZ O IBGE

Veja abaixo o comportamento dos preços na indústria mês a mês, acumulado no ano pela data de aniversário e acumulado de 12 meses, também pela data de aniversário, segundo dados do IBGE:

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato