wood-panels-or-boards-clipboard-cut-parts-for-furniture-production.jpg

Exportações de painéis para China aumentaram 50% ano passado

É verdade que o total de painéis de fibra e de partículas de madeira tiveram um aumento pouco expressivo nas exportações em 2020, alta de apenas 1,5% na comparação com 2019. Mas os dois maiores compradores entre os 155 países que adquiriram painéis de madeira do Brasil, Estados Unidos e China, respectivamente, apresentaram elevação considerável. As exportações para a China aumentaram 50,7% e aos Estados Unidos a alta chegou a 24,2%. Entre os cinco maiores importadores, que têm participação de 66% do total, apenas estes dois registraram expansão. A maior queda foi a do México, com -35,4%, segundo os dados do ComexStat, órgão do Ministério da Economia.

As exportações de painéis somaram US$ 310,9 milhões em 2020 ante US$ 306,3 milhões no ano anterior.

Leia: EXPORTAÇÕES DE MÓVEIS RECUAM 2,8% EM ANO DE PANDEMIA

Veja abaixo quadro com detalhes sobre as exportações de painéis em 2019 e 2020:

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato