ImagemTDI.jpg

Preço do TDI está temporariamente estável, há quase 30 dias

De acordo com os dados da lista da SunSirs, empresa que analisa os preços de commodities na China, o preço médio do TDI no leste da China até ontem, dia 07, permanecia estabilizado a 17.833,33 RMB/tonelada (R$ 14.445 pelo câmbio do mesmo dia), o mesmo do dia 15 de setembro, aumento de 79,5% na comparação com o preço médio mais baixo em 05 de maio de 2020.

leia: MATÉRIAS-PRIMAS PARA COLCHÕES CONTINUAM A ESCALADA DE PREÇOS

Revisão de análise   

O mercado de TDI está se organizando e opera com normalidade, e a atmosfera no mercado está relativamente calma, segundo reporta a SunSirs. “no momento, a maior parte do mercado está em um estado de feriado e o entusiasmo das negociações no mercado é fraco”, conclui a analista. 

O presidente da Abicol, Rogério Coelho, em entrevista à Móveis de Valor, afirma que: “Enquanto o mercado suportar os preços praticados nos insumos e matérias-primas eles vão se manter altos. A estabilidade só vai acontecer quando deixarmos de comprar e os estoques aumentarem”, esclarece, acrescentando que a escassez ainda é um problema no setor.  A falta de TDI e Poliol foi abordada pela revista Móveis de Valor na edição de maio – quando o setor ensaiava a retomada –, e agora, início de outubro, o presidente da Abicol afirma que “o movimento para regularização na oferta de TDI está se consolidando, mas a oferta de Poliol ainda é instável”.      

A questão da escassez e dos constantes aumentos de preços dos insumos (químicos, molas, tecidos e outros) para produção de colchões é tema da revista Móveis de Valor de outubro, que em breve estará disponível nas versões impressa e digital.  

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato