compas.png

Vendas crescem 9,5% no varejo em junho, aponta ICVA

As vendas no varejo no mês de junho aumentaram 9,5%, descontada a inflação, em comparação com o mesmo mês de 2020. Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) registrou alta de 23,3%.

Efeitos de calendário beneficiaram o resultado de junho deste ano. Houve uma quarta-feira, dia forte para o comércio, a mais e uma segunda-feira, data em que a movimentação do comércio é menor, a menos em relação a junho do ano passado. Sem tais efeitos de calendário, o índice registrou alta de 9,2%, descontada a inflação. Em termos nominais, com os ajustes de calendário, o faturamento subiu 22,9%.

“Ocorreu uma desaceleração do índice em junho deste ano em relação aos meses anteriores, fenômeno associado aos efeitos de base de comparação. Em junho do ano passado, o varejo experimentava uma recuperação em relação ao momento de maior impacto da pandemia, observado em abril”, afirma Pedro Lippi, Head de Inteligência da Cielo. “O resultado de junho de 2021, no entanto, segue a tendência dos meses anteriores, em patamar próximo ao observado antes do início da pandemia”, conclui.

leia: PREÇO DOS MÓVEIS CAI EM JUNHO, MAS PERMANECE EM ALTA NO ANO

Abaixo você confere a variação do ICVA de junho de 2020 a junho de 2021:

 

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato