shadow-government-world-conspiracy-manipulation-control.jpg

Preço dos móveis cai em junho, mas permanece em alta no ano

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) medido mensalmente pelo IBGE, mostra que a variação de alta no preços dos móveis no varejo vem recuando desde o início do ano. Em janeiro a alta foi de 1,48%, em fevereiro baixou para 1,11%, em março recuou 0,54%, ganhou novo fôlego em abril, com 1,10%, recuando novamente para 0,81% em maio e agora, em junho, registra queda de -0,16%.

O pior desempenho por segmento de móveis este ano é de colchão que recuou 7,55% em junho e agora acumula queda de 3,08% de janeiro a junho. Porém, no acumulado de 12 meses o item continua registrando a maior alta entre todos os segmentos pesquisados, com 36,37%.

Este comportamento mostra que a eventual correção de preços motivada pelos constantes aumento de insumos e matérias-primas vem perdendo força. Porém, o acumulado do ano continua em alta com 4,98%, pouco mais do que o IPCA geral, que ficou em 3,77% no período.

leia: VENDA DE MÓVEIS NO VAREJO SEGUE APRESENTANDO TENDÊNCIA DE ALTA

O índice de 12 meses registra alta de 11,40%, também mais elevado do que o IPCA geral que registrou elevação de 8,35% em 12 meses encerrados em junho.

Veja no quadro abaixo o desempenho do IPCA geral e de móveis no mês de junho, acumulado do ano e em 12 meses, com dados do IBGE:

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato