front-view-young-woman-at-office-using-mobile.jpg

Venda de Móveis em março sobe 18,2% na comparação com 2020

Pesquisa mensal do IBGE mostra que o volume de vendas de móveis no varejo em março foi quase 20% maior do que no mesmo mês de 2020 no País. É um dado relevante, mesmo considerando que março do ano passado, já refletindo o início da pandemia, as vendas de móveis recuaram 10,8% nesta base de comparação. Para se ter ideia, o setor de eletrodomésticos havia recuado 12,4% em março de 2020 e subiu apenas 9,0% em março deste ano, a metade do setor de móveis.

Os melhores resultados vieram de Santa Catarina (62,5%), Minas Gerais (54,7%) e Paraná (41,6%), respectivamente. Porém, houve oscilações importantes em cada Estado, dependendo da abertura de lojas físicas. Pernambuco, por exemplo, que teve as lojas fechadas toda a segunda quinzena do mês, foi o único que registrou queda nas vendas em março na casa de 23,2%. Por sinal, outro estado do Nordeste também afetado pelo fechamento de lojas em março foi o Ceará, que registrou avanço de apenas 0,7% na venda de móveis.

leia: VAREJO DE MÓVEIS SOBE 30% EM MARÇO NA BAHIA, DIZ IBGE

Resultado positivo no trimestre

O volume de vendas de móveis no primeiro trimestre de 2021 foi positivo em 5,3%, segundo a pesquisa do IBGE. O dobro dos primeiros três meses de 2020 na mesma base de comparação. Os melhores resultados de janeiro a março ocorreram em Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná, com altas de 37,2%, 21,6% e 17,8%, respectivamente. Dois estados registraram recuo, com -19,8 no Espírito Santo e -17,7% em Pernambuco.

Veja abaixo o quadro completo com os dados das vendas de março e do acumulado nos primeiros três meses do ano:

 

Esta notícia é sobre a sua empresa? se cadastre e deixe seu contato